O gênero mais ouvido em 2020 e as 13 emoções causadas pela música



“Adeus, ano velho! Feliz ano novo! Que tudo se realize no ano que vai nascer! Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender! Para os solteiros, sorte no amor. Nenhuma esperança perdida. Para os casados, nenhuma briga. Paz e sossego na vida.” A música acima, intitulada “Fim de Ano”, mais conhecida como "Adeus, Ano Velho! Feliz Ano Novo!", é uma valsa da autoria de David Nasser e de Francisco Alves que se tornou a canção-tema do reveillon no Brasil. Assim como ela, diversas outras canções marcam datas importantes do ano e também das nossas vidas. Você, com certeza, deve se recordar de músicas que fizeram parte de momentos felizes e tristes. Neste ano de pandemia, a procura por serviços de streamings teve um aumento significativo. 2020 foi atípico e as plataformas digitais se tornaram uma opção de entretenimento para muitos. No Brasil, quem dominou as listas foi o gênero sertanejo, seguido pelo funk.

Além disso, segundo um levantamento de preferências musicais de 34 países, os brasileiros foram os que mais ouviram músicas tristes durante a pandemia.



O poder das melodias O que muitos não sabem é que a música pode nos fazer bem ou mal. Estudos já mostraram que alguns tipos de música clássica ou instrumental têm efeitos terapêuticos. Quando você está fazendo exercícios, músicas de ritmo rápido podem trazer motivação.

Porém, pesquisadores também já descobriram que quando precisamos realizar tarefas mais complexas, que exijam uso mais concentrado do cérebro, algumas músicas podem dificultar o processo. Antes de dormir, as mais agitadas, por exemplo, podem causar insônia.

Um estudo alemão, realizado pela Universidade Luís Maximiliano de Munique, mostrou que homens e mulheres que ouviram canções com letras ofensivas ao sexo oposto tinham mais tendência a descrevê-lo com atributos negativos do que aqueles que escutaram músicas neutras.


13 sentimentos A verdade é que a música normalmente traz uma emoção com ela. Na minha pré-adolescência e adolescência não fazia nada sem música. Estudava ouvindo canções, ia trabalhar ouvindo minhas músicas favoritas no walkman ou discman (quem lembra? rs). Aos finais de semana, meu lazer era sair para dançar. Enfim, a música era minha companheira, na alegria ou na tristeza. Se estava triste, afogava minhas decepções com melodias melancólicas, mas, se estava feliz, comemorava ouvindo músicas animadas. Lembro que cheguei a ouvir rap durante um tempo e, naquela época, aquelas letras geraram uma revolta em meu interior, pois estava vivendo uma fase de muitos questionamentos.

Não tenho nada contra nenhum ritmo musical, mas todos trazem sensações. Um grupo de especialistas da Universidade Berkeley, nos Estados Unidos, afirmou isso ao entrevistar 2,5 mil voluntários norte-americanos e chineses.


Segundo o artigo, publicado no periódico científico PNAS, as músicas causam ao menos 13 emoções diferentes: relaxamento, tristeza, sonho, diversão, alegria, erotismo, beleza, triunfo, ansiedade, medo, aborrecimento, desafio e animação.

“Suponha que você organize uma biblioteca musical eclética por emoção e capture a combinação de sentimentos associados a cada faixa. Isso é essencialmente o que nosso estudo fez", esclareceu um dos autores da pesquisa, Alan Cowen.



Escolha o que edifica Será, então, que seus hábitos musicais têm te influenciado positivamente ou negativamente? É preciso estar atento ao que ouvimos, porque muitas músicas podem levar às pessoas a serem emotivas demais. O que não faltam são letras que incentivam as pessoas a seguirem "a voz do coração". Parece bonito, mas "a voz do coração" nada mais é do que a "voz da emoção", que faz com que muitas pessoas tomem atitudes erradas, nada racionais.

Sabendo que as letras e melodias nos influenciam, é possível escolher o que ouvir de forma inteligente. Enquanto algumas incentivam a emoção exacerbada, a tristeza, imagine o que acontece com as que edificam?


FONTE: https://noticias.r7.com/prisma/refletindo-sobre-a-noticia-por-ana-carolina-cury/o-genero-mais-ouvido-em-2020-e-as-13-emocoes-causadas-pela-musica-30122020

2 visualizações0 comentário